Blog

Você é ativa ou passiva?

Em termos de comunicação, é bom saber qual estilo te representa

Atuo como coach de relacionamento há anos e, mesmo antes disso, tinha uma clínica de beleza e estética. Nesse espaço de tempo, convivi e convivo com muitas mulheres. Entre as principais dúvidas e queixas está o relacionamento amoroso e as dificuldades em relação à comunicação com o par. “Como faço para superar essa dificuldade de me comunicar, de me expor, de entender o que ele está falando?”, são perguntas frequentes nas conversas. Afinal, quais os obstáculos para se conectar com o outro por meio da comunicação?
Sempre digo que, para superar esse obstáculo, é necessário ter consciência da necessidade de ter um conhecimento até então desconhecido. Pode parecer confuso, mas eu explico: quando conhecemos o fato, sempre vamos agir de acordo com aquele conhecimento. Porém, sempre existe algo “por trás” de qualquer situação, algo escondido, que muitas vezes nos cega e nos separa da mudança que estamos tentando encontrar na comunicação com o outro.
Para evitar esse conflito, esse ruído de comunicação, o primeiro passo (e o mais importante!) é muito simples: saber que existem dois tipos de comunicação e você precisa identificar qual delas te representa. Afinal, você é uma comunicadora ativa ou passiva?

Puxe assunto ou ouça bem
Todo mundo sabe que é ser passivo e o que é ser ativo. Mas, o que quero colocar em relação à mudança na comunicação é que ninguém consegue transformar uma ametista em uma esmeralda. Porém, uma ametista bem lapidada e cravada, vale mais do que uma esmeralda bruta. A analogia é bem simples e autoexplicativa, mas vale aprofundar.
Quanto mais polida e trabalhada uma ametista, maior a sua preciosidade, pois podemos observar melhor o seu brilho! Acontece o mesmo com o seu estilo de comunicação: se você é ativa, não deseje ser passiva; apenas aprimore o seu estilo e mostre toda a sua preciosidade.
Quem é ativa na comunicação consegue estar à frente nas conversas, puxar assunto de forma inteligente, responde com rapidez e agilidade, consegue passar de um assunto para outro com apenas uma resposta. Se é o seu caso, aprimore-se. Mostre as suas habilidades com esse estilo extrovertido, aberto, solto. Use a comunicação ao seu favor.
Em contrapartida, se você é mais passiva tende a ser uma pouco mais tímida. E não há nenhum problema nisso. As pessoas mais tímidas não são inferiores, pelo contrário: elas costumam se destacar por serem boas ouvintes, por digerir melhor as conversas, por acolher mais calorosamente o que está sendo dito para ela. Assim, acaba conhecendo mais profundamente ao outro.
Enquanto uma é mais esperta para fora a outra é mais esperta para dentro. E está tudo certo!

Melhore sempre
Pense: quanto mais você souber sobre o seu estilo, quanto melhor trabalhar isso, mais se conectará com o outro. Porque a comunicação nada mais é do que a habilidade em entender e ser entendido. E isso independe de estilo.
Minha dica para você é: encontre, dentro do seu estilo, o que pode ser aprimorado. E faça essa “melhoria” com curiosidade, com amor. Porque, sim, nós podemos sempre melhorar a nossa comunicação conosco e com o outro.

Boa sorte!

Comentários (0)

© Copyright 2017 - Miria Kutcher - Coach de Relacionamentos.