Blog

Complexo de inferioridade

Deixe a opinião dos outros de lado e assuma a sua melhor versão

Observe essas características: você exige perfeição em tudo o que faz? Sua autoestima é muito baixa? Evidenciar os defeitos do outro é uma forma de se sentir mais confortável consigo? A comparação é uma constante no seu cotidiano?

Todas essas características são sintomas do “complexo de inferioridade”. Mas nem sempre esses sintomas são facilmente notados, até porque não gostaríamos de sentir nenhuma dessas coisas, não é mesmo? Mas há uma forma bem simples de identificar se você sofre desse mal: a opinião dos outros é mais importante do que a sua?

Não estou me referindo a opiniões aleatórias. O que eu quero dizer é: a opinião dos outros sobre você é mais importante do que a sua opinião sobre si mesma? Uma pessoa que se sente inferior ao outro e que tenha o complexo de inferioridade de uma forma muito evidente se preocupa demais com o que os outros pensam dela.

Por que isso acontece?

Porque a sensação de que o pensamento do outro em relação a mim é mais forte do que o que eu sou de verdade.

E isso parece absurdo, não é mesmo? Mas acontece.

 

O que você pensa sobre mim é problema seu!

Eu sei que sou verdadeira e uma excelente profissional. Porém, fulana me diz que me acha uma fraude – e eu começo a pensar que ela pode ter razão.

Ou, ainda, sicrano me chama de burra e eu acredito tanto nessa opinião que o meu lado que sabe que eu não sou burra fica abafado e eu acabo acreditando que realmente sou burra.

Esses são dois exemplos “exagerados” mas que realmente acontecem, alavancados pelo complexo de inferioridade.

O complexo de inferioridade faz com que deixemos de dar valor ao que realmente somos, para o que sabemos, para o que pensamos. Porque apenas o que o outro faz, o que o outro pensa ou o que o outro fala é que está certo, que é valioso ou coerente.

Se você identificou o complexo de inferioridade nas sua ações e atitudes, pensamentos e emoções, pode rapidamente encontrar uma fórmula mágica na internet para superar esse problema. Porém, nenhuma dica, lista milagrosa ou afins te ajudarão a fazer a necessária reflexão que esse tema pede.

Olhar para dentro, encontrar a raiz desse problema, o que ocasionou essa sensação de inferioridade e pouco valor na sua vida é mais importante e necessário do que seguir qualquer método mágico.

Eu vou te pedir para fazer essa reflexão agora mesmo. Olhar para dentro de si e se questionar

  • O que em mim permite que eu me sinta inferior?
  • O que em mim acontece quando eu dou mais atenção para o que o outro fala de mim do que para minha própria verdade.

Reflita. Apenas esse exercício pode te levar a raiz desse complexo de inferioridade e só ela pode dar início à verdadeira transformação que vai te levar de encontro a si mesma. E bem para longe de qualquer comparação ou submissão que tenha enfrentado até agora.

O que o outro pensa sobre você é problema dele. A você só deveria importar a própria opinião.

Boa sorte!

Comentários (0)

© Copyright 2017 - Miria Kutcher - Coach de Relacionamentos.